A importância da aparência.

Dr David Heber, PhD.
Print
artigos-cp-importancia-aparencia
Qual é a sua aparência? 

Você pode pensar que sabe quando se olha no espelho, ou pode estar muito ocupado tentando esconder áreas fora de forma para realmente ver você mesmo do jeito que você é. Você sabe quanta gordura está carregando, comparada com a quantidade de músculos? Você sabe onde tem tendência a ganhar peso – na parte superior do corpo, na parte inferior do corpo ou na parte central? Até que saiba as respostas para estas perguntas, você não está pronto para fazer seu plano pessoal para perder peso e não recuperá-lo. Entender seu corpo é o primeiro passo para alcançar sua melhor forma física. Na qualidade de alguém que leciona sobre obesidade, tanto para médicos quanto ao público leigo, eu acredito que a perda de peso tem sido super enfatizada e a forma física sub-enfatizada. Você, provavelmente, já leu sobre o Índice de Massa Corporal (IMC), que é uma medida proporcional entre peso e altura. Se seu IMC for maior que 25, você é considerado com sobrepeso e se for maior que 30, você está obeso. Esta proporção tem sido uma maneira poderosa para os cientistas documentarem a obesidade epidêmica e seus efeitos na saúde e na doença. Entretanto, considerando você como indivíduo, ela pode ser enganosa. Um jogador de futebol americano pode ser considerado com sobrepeso na escala de IMC, mas se o peso extra carregado for músculo, ele não é realmente gordo. Uma mulher magra pode ter um IMC normal, porém ter sobrepeso por ter excesso de gordura corporal. Assim, a aparência é importante.

As formas físicas são pessoais e vão além das aparências normais de “maçã” e “pêra”. As mulheres podem ter três formas corporais típicas – gordura corporal superior, gordura corporal inferior ou ambas. Os homens, geralmente, têm somente gordura corporal superior. A parte superior do corpo armazena gordura em tempos de estresse e algumas pessoas podem perder e ganhar peso rapidamente na parte superior do corpo. A gordura corporal inferior nas mulheres responde pelos hormônios femininos tais como estrógeno e progesterona e armazena gordura para amamentação de bebê recém-nascido. As mulheres que têm ambas as gorduras corporais - superior e inferior perderão a gordura superior do corpo primeiro. As mulheres com mais gordura corporal superior tendem a ter mais músculo do que as mulheres com gordura corporal inferior e necessitarão mais proteína. Emagrecer é mais difícil se você tem gordura corporal inferior em maior quantidade que a superior, mas os benefícios médicos de perder sua gordura corporal superior são muito maiores. A perda de peso em volta do pescoço, rosto, peito e cintura, geralmente, acompanha a perda de gordura no interior do corpo também. Assim, à medida que você adquire melhor aparência, também estará melhorando sua saúde de forma significativa.

Finalmente, há mais duas formas corporais para se considerar. A forma que você pode mudar e a forma que você não pode mudar. É importante saber a diferença e trabalhar na forma que você pode mudar, enquanto que ajusta seu guarda-roupa e atitudes em função da forma que não pode mudar. Devido ao metabolismo baixo, muitas mulheres com gordura corporal na parte inferior não podem emagrecer simplesmente cortando calorias. Estas células de gordura corporal na parte inferior são resistentes tanto a exercício quanto a dieta. Somente um programa personalizado orientado por um profissional médico ou nutricionista pode ajudar a garantir que você tenha proteína suficiente para controlar os surtos de fome e construir ou manter massa magra.

 

Herbalife is a Proud Member of the Direct Selling Association and a Signatory to the DSA Code of Ethics


pt-BR | 25/05/2017 20:56:57 | NAMP2HLASPX02